Despaís, de Pedro Sena-Lino, é um romance-provocação

 

A viver em Berlim, o poeta, ficcionista e investigador Pedro Sena-Lino escreveu uma obra sobre o estado da nação: a história de como Portugal poderia acabar em 2023. Este romance-provocação, intitulado despaís, chega às livrarias, com chancela da Porto Editora, a 12 de julho.

O livro mostra um país dependente da ajuda externa, pobre, emigrado, desempregado, envelhecido. Gerido por políticos corruptos, ou líricos sem ligação à realidade, acaba vendido em partes, como depois de uma insolvência.

O romance inicia-se com uma situação inimaginável hoje: e se houvesse um referendo sobre o fim do país – e este ganhasse? Será impossível? Esta é a história de como virtualmente isso poderia um dia acontecer. Eis o cenário: o país mergulhado no enésimo pacote de apoio externo, as reformas totalmente congeladas, a escola pública paga, o desemprego e a emigração galopantes; os bancos a falir; entre vários outros aspetos igualmente negativos.

Pedro Sena-Lino nasceu em Lisboa na Páscoa de 1977. Já teve várias vidas, mas em todas elas foi sempre escritor. Em 1980 tomou a decisão em conselho familiar de se tornar cozinheiro, profissão que veio a deixar depois de procurar cozinhar um polvo, uma caixa de Legos e Os Lusíadas. Entre 1995 e 1997 foi Jesuíta. Em 1997 empregado de mesa. Em 2000 começou a publicar e a trabalhar como formador de escrita criativa: em 2005 deu à luz a Companhia do Eu, escola de escrita criativa, onde é parteiro principal. Em 2007 começou a perseguir freiras mortas, o que desembocou na sua mais longa relação sentimental, com a freira de Odivelas Feliciana de Milão, o que desencadeou um Doutoramento tórrido, lavrado com respectivo divórcio numa sessão de defesa em Março de 2013, but we will always have novels. Em 2012 mudou-se para Berlim, onde desempenha as funções de professor de português para estrangeiros e escrita criativa, substituto frequente, escritor full-time, e flâneur oficial berlinense.

 

Principais publicações:

- Poesia: biofagia (Quasi, 2003); deste lado da morte ninguém responde (Quasi, 2004, reed. 2006, com prefácio de Lídia Jorge); zona de perdas – livro de albas (objecto cardíaco, 2006); material angústia – antologia de dez anos de poesia (Cosmorama, 2010, com prefácio de Ludovic Heyraud). Está traduzido para Alemão, Croata, Francês, Inglês, Japonês.

http://lyrikline.org/en/poems/biofagia-xx-5256#.UimlTn_4vbM

http://www.poemsfromtheportuguese.org/Pedro_SenaLino

- Ficção: Museu de História Sobrenatural - contos (Autoria, 2008); 333 – romance (Porto Editora, 2009); despaís – romance (Porto Editora, 2013).

- Manuais de Escrita Criativa: Criative-se: Curso de Escrita Criativa 1 (4ª edição, Porto Editora, 2013); Uma Costela de Quem? Curso de Escrita Criativa 2 (2ª edição, Porto Editora 2013); A minha vida num livro (Porto Editora, 2010).

- Livros infantis: Princesa Laranjada, com ilustrações de Estela Baptista Costa (Quidnovi, 2010); Histórias do Trasgo Rasgo, com ilustrações de Dinis Mota (Quidnovi, 2011); Um Sonho de Gigante, com ilustrações de Sebastião Peixoto (Quidnovi, 2011); Melusina, serpentina e menina com ilustrações de Dinis Mota (Quidnovi, 2012); com ilustrações de Sebastião Peixoto (Quidnovi, 2012).

- Organização de Antologias: Contos Policiais (Porto Editora, 2008, com Dulce Maria Cardoso, Rui Zink, Mário Cláudio, Hélia Correia, entre outros); Contos de Vampiros (Porto Editora, 2009, com Gonçalo M. Tavares, João Tordo, entre outros), Bicicletas para Memórias & Invenções (5 volumes, 2005-2011, Companhia do Eu).

Orfeu - Livraria Portuguesa e Galega

 Bruxelles | Brussels - Belgique | België

 Email: orfeulivraria@gmail.com

IBAN: BE79 426415631133 SWIFT: KREDBEBB / TVA: BE 474 282 587 (= nº contribuinte em Portugal)